Belford Roxo

... faz calor de manhã em Belford Roxo,
quarta estranha e sem luz, o sol vem coxo
remando atrás das nuvens que grisalhas 
são para o grande azul como mortalhas...

As conduções são quartos ambulantes
repletas de envolvidos em sudários,
o asfalto todo falho de alarmantes
indícios dos descasos partidários...

No mais, há de haver vida na baixada,
embora mais distante, aturdida
mulher abandonada pobre e grávida,

que tendo a humanidade esmagada,
na lida de ser só encontra alento
e faz da própria dor alumbramento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário